Categorias
Moto Passeio

Marco sudeste da Missão Cruls

Este passeio aconteceu no dia 21 de janeiro de 2017. Saímos em busca do segundo marco da Missão Cruls. O primeiro foi encontrado em Abadiânia Velha, conforme relato de maio de 2016.

O ponto de encontro foi a padaria Doce Pão, no Jardim Botânico. Seguimos por asfalto sentido Unaí até o Posto Sobral da BR-251, logo após a divisa DF/GO.

Pilotos prontos!

Saímos do posto por uma estrada de terra que vai até a GO-010 cruzando por dentro de lavouras. Chegando no asfalto, dobramos à esquerda e voltamos para a BR-251. Alguns metros à frente cruzamos a pista e entramos na estrada de terra que leva ao marco SE. Na verdade a estrada termina antes do ponto projetado como possível local do marco. Deixamos as motos e seguimos a pé.

Caminhando até o marco

Após caminhada de 1 km no sol, resolvemos voltar e perguntar na sede da fazenda. Assuntando por lá, o sr. José Martins confirmou que o marco existia e nos sugeriu procurar o sr. José Maria em outra fazenda próxima. Essa fazenda possuía portão com cadeado, mas que não estava trancado. Avançamos até a sede da fazenda e o sr. José Maria estava reticente em nos informar o local. Disse que só com ordem do patrão e que, no entanto, não poderíamos procurar o patrão porque quando ele está trabalhando não recebe ninguém e que a gente nem tinha autorização para entrar na fazenda! Expliquei que nós fomos até a sede justamente para pedir autorização e que a nossa intenção era apenas de tirar fotos.

Outro funcionário que estava no local começou a passar, em voz baixa, umas dicas para o Ulisses. Parece que sr. José Maria gostou a ideia e começou a sussurrar: “olha, vai pela outra fazenda ali do lado, que está alugada, não vai por essa aqui, não, e segue a cerca entre o pasto e a soja até o final. Depois vocês entram no pasto da esquerda e logo verão uma árvore torta. É lá!”

Agradecemos todo o apoio recebido e seguimos para a outra fazenda. Na verdade era exatamente o local por onde fizemos a caminhada, mas acontece que meu ponto estava marcado 500 m fora da posição correta. Ou seja, precisamos caminhar mais 1,5 km ( e voltar!).
Enfim, localizamos o marco SE da expedição Cruls que, aliás, estava muito bem conservado! Tiramos fotos, comemos maçãs e laranjas fornecidas pelo presidente Wil e tomamos o rumo de casa!

Abraços, Linhares